terça-feira, dezembro 11, 2012

Vai operar? Tire suas dúvidas!

Tomar a decisão de operar é complicado, mexe profundamente com nossas vidas. Mexe com tudo o que você possa imaginar ou não. Com nossos medos, ansiedades, com nossas rotinas, com nossas expectativas, tudo! Por isso, estar consciente é essencial.

Para não ser pego de surpresa pelo lado não tão bonito da cirurgia, eliminar as dúvidas é o melhor caminho. Existem muitos maneiras de fazer isso. Palestras, pesquisas e perguntas. Nas palestras, os cirurgiões de maneira geral, tentam esclarecer os pacientes sobre o procedimento. É uma ótima opção. Nelas, os médicos, explicam como é feita a cirurgia, qual técnica ele usa, fala sobre os riscos, sucessos e
estatísticas. Sempre tem depoimentos de operados e palestras de nutricionistas, psiscólogos e cirurgiões plásticos. Além disso você pode conhecer outros pacientes do seu médico e tirar suas próprias conclusões. Dá até para fazer amizades com pessoas que passaram e estão passando pelo mesmo que você. 

Outro meio muito legal e fácil é a pesquisa na net. A internet tem uma quase infinidade de informações sobre o assunto. Eu recomendo o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica - SBCBM como ponto de partida (a página deles no facebook sempre tem dicas legais, gosto muito SBCBM facebook). Também existem os blogs que contam experiências pessoais e esses são o que eu mais gosto. Só temos sempre tomar cuidado para saber diferenciar o que é uma experiência pessoal das nossas experiências que devem sempre estar sob as recomendações médicas que nos foram passadas. Sabendo diferenciar isso vamos encontrar muita coisa legal nos blogs sobre sobre cirurgia. Histórias que nos emocionam, incentivam, alertam. É muito legal. Olha aí meus "leio sempre e recomendo".

Mas de todas as opções que temos, fazer perguntas a nosso médico/equipe é a que nos traz mais resultados positivos. Agorinha eu estava dando uma olhada no grupo Gastroplastia Brasília DF (lá no facebook) e achei um post super interessante. Uma participante do grupo criou/reuniu várias perguntas para fazermos ao cirurgião/equipe durante o pré operatório. Achei muito bacana a iniciativa dela. As perguntas são super pertinentes e podem realmente nos ajudar muito. A informação é o melhor amigo de quem está pensando em se submeter a cirurgia.

Olha só o questionário dela:

Questionário pré-cirúrgico
01- Qual o real risco de morte antes, durante e depois da cirurgia?
02- Em média, entre exames e consultas, quanto tempo demora até o dia da cirurgia?
03- Quais complicações podem acontecer durante a cirurgia?
04- Quanto tempo, em média, demora a cirurgia?
05- Qual o tipo de anestesia?
06- É necessário UTI em todos os casos?
07- É necessário o uso do dreno? Por quê?
08- Tudo correndo normal, qual o tempo médio de internação?
09- É necessário ter acompanhante no hospital?
10- Quais doenças podem impedir a realização dessa cirurgia?
11- Existe idade limite para que se fala a cirurgia? Existe idade ideal para que se faça a cirurgia?
12- Crianças ou adolescente podem fazer essa cirurgia?
13- É realmente necessário o acompanhamento com o psicólogo e nutricionista antes e após a cirurgia? Por quê?
14- Sempre é necessário fazer uma dieta no pré-operatório? Por quê?
15- A esteatose (gordura o fígado) é um impecílio a cirurgia? Por quê?
16- Todos podem fazer a cirurgia por vídeo? Em quais casos se faz a cirurgia aberta?
17- Um paciente com apnéia precisa de algum tratamento antes de operar?
18- Quando é necessário o uso do respiron?
19- Como se dá o uso de contraceptivos? Interrompe-se o uso antes da cirurgia? Volta-se a uso com quanto tempo depois de operada?
20- Quanto tempo para voltar a ter relações sexuais depois da cirurgia?
21- É possível um aumento de gases logo após a cirurgia?
22 – É normal, em alguns casos, que se tenha náuseas logo após a cirurgia?
23- Como o intestino fica logo após a cirurgia?
24- È possível ter prisão de ventre depois da cirurgia? O que fazer nesse caso?
25- Para quem tem o costume de beber, mesmo que socialmente, quais são os riscos e os resultados da bebida em quem opera?
26- É normal ter o ciclo menstrual completamente alterado pós cirurgia?
27- Mulheres na menopausa perdem peso mais lentamente apesar de operadas?
28- Há uma real queda de cabelo no pós cirúrgico? A partir de quantos meses? A perda é inevitável? Tem como tratar?
29- Qual a necessidade de tomarmos suplementos vitamínicos? Será por toda vida?
30- É necessário tomar proteína por toda a vida?
31- O açúcar e a gordura em maior quantidade podem causar dumping?
32- Ficamos fracos no pós operatório por conta da restrição alimentar?
33- Perdemos todo o excesso de peso que adquirimos em toda nossa vida?
34- Devemos nos pesar obssessivamente todos os dias ou isso pode no causar problemas com a ansiedade?
35- Todos perdem peso igualmente independente das diferentes faixas etárias? A perda é a mesma para os homens e as mulheres?
36- É possível tornar-se depressivo logo após a cirurgia?
37- Há mudanças hormonais que podem causar alterações no humor?
38- A pele fica ressecada? O que devemos fazer?
39- Qual a quantidade ideal de água que devemos ingerir por dia depois de operados?
40 – Depois de operados, qual a frequência para acompanhamento nutricional e psicólogico?
41 – Com quanto tempo de operados podemos voltar a trabalhar? E a dirigir?
42 – Podemos doar sangue depois de operados?
43 – Quanto tempo para podermos voltar a pegar algum peso?
44 – Com quanto tempo podemos viajar para longas distâncias?
45. A cirurgia pode fazer emergir problemas psicólogicos?
46. Existe algum distúrbio psicólogico/psiquiátrico que impeça de maneira efetiva a realização da cirurgia?
47. As pessoas com diagnóstico de Transtorno da Compulsão Alimentar podem fazer a cirurgia? 
47. Com quanto tempo podemos realizar atividade físicas?
48. Como é a gravidez depois que operamos?


Essas são só algumas perguntas que ela sugeriu, cada pessoa vai ter uma dúvida em particular. As dúvidas são quase infinitas. O mais importante é sempre buscar ir eliminando todas as dúvidas que nos incomodam. É fundamental se sentir mais seguro o possível da decisão que vai tomar. 

Mas Raquel, o questionário não tem nenhuma resposta? Mas essa é a intenção. É como a autora disse, quem melhor pode esclarecer essas dúvidas é seu cirurgião, a equipe que te acompanha.
Só eles podem te orientar corretamente. Pergunte! Não fique com vergonha ou deixe para depois. Pergunte sempre, é sua saúde, sua vida.

segunda-feira, dezembro 03, 2012

Missão madrinha de casamento - parte 2

A cerimônia foi muito bonita, eu achei bem diferente das cerimônias que já fui, o padre foi bem específico com os noivos que são bem jovens (20 anos). E vou contar que fiquei muito emocionada quando vi a noiva entrando na igreja. Ela estava linda, sorridente, radiante. A minha emoção se deve ao fato de que ainda acredito no amor, no casamento e chegar a ficar velhinhos juntos e companheiros. Pode ser uma idéia romântica, mas eu acredito sinceramente.  

De tudo só tenho uma reclamação a fazer: na porta da igreja, na hora de entrar, deu uma ventania que acabou com meu penteado, rsrs, que azar! Mas tudo bem...

Passado esses momentos de emoção, chegou a hora da festança. E vou contar, hein, eu dancei muito. Nem sei dançar, mas eu dancei demais. Foi muito gostoso, me diverti muito. Foi muito bom.

Desejo sinceramente felicidade aos noivos. É como o padre disse, que o amor sempre seja maior que todos os problemas.

Agora a foto prometida, vamos ver o que vocês meninas vão dizer, rsrs.(:

65,6kg
120kg