quarta-feira, janeiro 23, 2013

Foco, força e fé.


Foco, força e fé. Sempre achei bem bacana o conceito contido nessa frase motivacional. Olha  que legal a dinâmica da coisa.

Quando desejamos algo nossa atenção se volta para o objeto do nosso desejo e começamos a pensar numa maneira de ter/alcançar o que desejamos. Existem desejos que não exigem de nós grande esforços para alcançarmos/termos algo e existem outros, que a regra será  a ação como meio de superação de obstáculos até atingirmos o objetivo pretendido.

Quando nos damos conta que esse algo que desejamos exigirá de nós uma constante ação com grande grau de comprometimento/esforço vamos ter duas posturas: desistir ou tentar. Se julgarmos que esse comprometimento/esforço é válido para alcançar o que desejamos então encontramos nosso foco. Isso é o foco, a clareza de que para alcançar algo que desejo é necessário determinado grau esforço/comprometimento até alcançá-lo. E é essa clareza que nos mantém no caminho até o ter/alcançar nosso objetivo.

Durante o caminho podemos encontrar (e geralmente encontramos muitos)  imprevistos, dificuldades e obstáculos que exigirão de nós além do foco a  força. Força física? Não. Força moral de superação.

E a fé? A fé é o que nos dá a força, que nos faz levantar naqueles momentos que em achamos que não podemos seguir mais. É a fé nos coloca em pé novamente, nos mostra a força que temos e nos faz seguir sempre em frente apesar dos pesares.
 
Foco, força e fé. Os 3Fs só funcionam quando juntinhos, entrelaçados, esse é o segredo do trio vitorioso. Vamos usá-lo e ver as mudanças acontecerem. Vamos tentar! Não importa se cairemos cem vezes, se isso acontecer teremos duzentas oportunidades para levantarmos e seguirmos rumo aos nossos objetivos. E assim, aos pouquinhos, vamos descobrindo a pessoa incrivelmente cheia de foco, força e fé que nós somos.

Em 2013, o que merecerá seus 3Fs? 









terça-feira, janeiro 22, 2013

Raquel, a teimosa.

É sim, bariamiga(o)s, sou teimosa sim. Pensando bem, deixe-me analisar... Será que a palavra seria teimosa? Qual  palavra definiria melhor a pessoa que faz um tempão que não vai a nutricionista da equipe nem foi a consulta de 1 ano com o cirurgião? É, acho que a palavra certa é irresponsável mesmo. Raquel, a irresponsável.

Ando meio assim desligada comigo, irresponsável mesmo. A anemia nem sei se curou pq fugi da equipe. Mas acho que não por tudo que ando sentindo... O emagrecimento até agora não parou. Minha meta era de 69kg mas agora estou pesando 66kg.Nem sei se isso é bom ou ruim, pq a criatura anda fugida da nutricionista. Estou precisando voltar a me cuidar enquanto isso é uma opção e não uma imposição por alguma coisa que saiu fora do controle por pura irresponsabilidade. 

Faz tempo que não escrevo no blog e não é por falta de assunto não. Eu tinha muitas coisas para contar, tantas que daria quase um livro ou uma novela. Mas falar de coisas tristes é como alimentá-las, só ando falo mesmo com meu psicólogo (é, agora frequento um, rsrs, nem tudo está perdido...) para ver se elas ficam lá no passado. 

E acho que este espaço deve ter o foco maior na superação não no "mimimi". Caí, doeu, chorei mas me levantei e segui. Isso acho importante, e é por isso que não vou encher a paciência de vocês com minha novela da vida real, rsrs. Mas quero dizer que aos pouquinhos estou superando, e que 2013 chegou cheio de projetos, cheio de possibilidades e nesse sentindo me sinto muito feliz e animada. Espero que vocês também estejam bem animadas com esse ano.

Faltam poucos dias para o mês terminar, vou aproveitar para ir a nutricionista e ao cirurgião pq em fevereiro estarei bastante ocupada (quem bom! mente vazia oficina para o que não presta, rsrs).

Para quem anda irresponsável como eu, vamos abrir os olhos antes que a dor venha abrir para nós. E para as que cuidam direitinho, parabéns, vocês são um exemplo.