terça-feira, julho 20, 2010

Para se conhecer as borboletas


Sempre que me sinto triste releio O Pequeno Príncipe. E toda vez é como se fosse a primeira vez...  e sempre acabo encontrando uma poesia que ainda não havia percebido, é mágico! A poesia do texto, para mim, é tão encantadora, toca tanto meu coração que me  faz sentir , de maneira quase automática que tudo, tudo, tudo pode ser muito melhor. E na verdade pode... só é preciso que se suporte duas ou três larvas para se conhecer as borboletas... E elas são lindas!

Um comentário:

  1. E quem insiste em ser larva uma vida inteira?

    Há pessoa , que por mais que se olhem no espelho, sempre só vêem uma larva, chamais apreciam a borboleta que cada um carrega dentro de si.

    Assim as escamas jamais caem dos olhos, impedindo que cada uma delas se vejam com realmente são, como belas e lindas borboletas.

    Ficam presas, se arrastando por galhos de árvores, quando poderiam esta voando por todo o céu apreciando todas as árvores que existem, e sentindo o quanto é maravilhoso ter o vento batendo nas asas de uma livre borboleta.

    Domingo, Julho 25, 2010

    ResponderExcluir