sábado, janeiro 14, 2012

E depois da gastrite, outro susto


Depois que o cirurgião receitou o remedinho para a gastrite, eu consegui voltar a comer e isso coincidiu com o... Natal. Também coincidiu com visita quinzenal a Nutricionista, que mudou o cardápio e me deixou (a pedido meu) comer duas coisinhas que eu adoro na ceia: peru e salpicão. Passado o Natal a ordem era seguir cardápio direitinho e foi o que fiz.

Os dias foram passando, passou o ano novo e em um belo dia de janeiro (não tão belo assim) eu tive a curiosidade de me pesar. A última vez que me pesei foi no consultório da nutricionista, eu estava com 91 quilos. Neste malfadado dia quando subi na balança eu estava pesando 94 quilos, quase morri. Entrei em desespero. Como era isso possível? Em quase 3 meses eu nunca havia burlado a dieta em nada. 

Comecei a quebrar a cabeça procurando o motivo, pensado aonde eu havia errado. Foi então que me lembrei que quando eu estava com gastrite (depois da cirurgia) eu não comia nem bebia quase nada, isso literalmente. Então a explicação mais lógica que a minha cabecinha surtada encontrou foi que eu havia deixado meu corpo tanto tempo sem comer (quase 3 semanas) que quando ele viu um pouquinho de comida entrando acumulou a energia toda. 

Meu desespero foi tão grande que pensei em ficar sem comer. mas depois de uma boa conversa com uma amiga eu decidi relaxar, continuar seguindo a dieta da nutri e na próxima consulta com o cururgião-nutri perguntar sobre isso. 

Hoje me pesei novamente e estou com 90 quilos, já voltei a emagrecer e isso me tranquilizou um pouco. Mas eu quero investigar essa questão com eles. Por que será que isso aconteceu?

2 comentários:

  1. Olá Raquel!!

    Estou tentando a minha bariátrica. Espero podermos trocar experiências!

    Pense nos quilos off, já são muitos. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Para mim será um prazer enorme conversar contigo, trocar experiências. Um abração!

      Excluir