sábado, maio 19, 2012

Mais além

Amanhã completo 7 meses de gastro. Tanta coisa mudou nestes meses, muita mesmo...  Nem tudo são flores neste caminho e quem é operado sabe bem disso.  Mas o que é indiscutível é que temos muitos motivos para comemorar, principalmente porque cada conquista tem um significado muito especial e sempre reflete de alguma maneira em nossas vidas.

Para mim, é incrível e espantoso ver meu corpo se transformar tão radicalmente, e é mais estranho ainda perceber que por isso, de alguma maneira minha vida se transforma também. Afinal é só um corpo... ou não?

Você muda o seu corpo e de repente as coisas mudam, você simplesmente deixa de ser invisível até para você mesmo. É um pouco assustador perceber isso. A pergunta que me faço é: "Será que eu carregava uma nuvenzinha negra que se desfez e por isso as pessoas decidiram se aproximar? Ou simplesmente fui eu quem decidi que não queria mais ser invisível?"

Algumas pessoas mudaram a maneira como me tratam. Pessoas que conheço há muito tempo e que eram indiferentes agora parecem mais atenciosas, amavéis e amigavéis.  Este tipo de situação me incomoda e na verdade eu ainda nem sei como devo agir. Nestas situações as perguntas sempre voltam a minha mente: "Sou eu quem mudou e agora deixo as pessoas se aproximarem ou as são as pessoas que se aproximaram pela mudança?"
 
Não sei se acontece com todos, mas aprendi, por sentir na minha própria pele, a  enxergar nas pessoas muito além de suas aparências. Talvez por sentir uma extrema necessidade de que as pessoas me enxergassem assim também. Queria que elas olhassem mais além do meu corpo e que se dessem a oportunidade de me conhecer.

Mas a realidade é que poucas vezes isso passou e confesso que não soube administrar bem a situação. Não soube superar estas coisas, não soube me valorizar e acabei realmente me deprimindo. Não é de se espantar que pouco me olhavam como eu era, afinal, nem eu fazia isso.

Mas como sempre existe em nossas vidas, existiam pessoas que me enxergavam e valorizavam  pelo o que eu era e não pelo que aparentava. Pessoas que me amaram quando nem eu me amava e me aceitavam mesmo com minha nuvenzinha negra.

Hoje mais que do que nunca eu quero sentir as pessoas pelo o que elas são e que elas me sintam de maneira igual. Acredito que nada nesta vida passa por acaso e sou grata a vida por ter aprendido isso, ver mais além.

Antes de terminar eu gostaria de contar para vocês que desde a cirurgia eliminei 39 quilos e que atualmente estou pesando 76 quilos. Olha o tamanho do sorrisão, rsrsrs. Também quero dizer que é bom demais poder dividir estas coisinhas com vocês que são sempre muito queridas comigo. Escrever minhas inquietações me dá a sensação de que elas não são tão pesadas assim, e contar as alegrias me dá a certeza que é uma alegria compartilhada e que ela fica bem maior.

P.S. Vou providenciar uma fotinho atualizada para vocês verem a figura, rsrsrs.

20 comentários:

  1. Amiga, concordo com tudo que vc escreveu neste post! É bem isso mesmo...muitas vezes fico a pensar se eu mudei, ou se as pessoas mudaram comigo...acredito que elas que mudaram, e eu mudei tb, hoje sou mais feliz, e me valorizo, isso tb ajuda as pessoas a se aproximarem...há tb aqueles que dizem que nossa alegria é exibição...ahh...tô nem aí, eu quero mais é ser feliz!! rsrsrs Bjs

    ResponderExcluir
  2. Aguardando a foto...a mudança deve ser enorme...acho que nem vc se reconhece...vc está se reconstruindo...não deve ser fácil, para as pessoas que já te conhecem tb não deve ser...acredito que vc deve ter mudado o seu modo de agir, vc deve estar mais alegre, mais feliz, mais radiante e isso por si só já atraem as pessoas...é muito dificil separar o jóio do trigo, há pessoas de todo tipo...espero que vc consiga encontrar e manter verdadeiros amigos...e qeu as pessoas maldozas fiquem bem longe de você...Parabéns pelo sucesso alcançado...

    ResponderExcluir
  3. adorei o post de hoje amiga
    eu sempre encherguei as pessoas alem da aparência, acho que porque sempre fui gordinha e já fui descriminada diversas vezes.
    Mudar o corpo, fazer uma RA não muda só nossos hábitos de nos cuidarmos e sim a maneira que vemos o mundo. Nos torna com mais auto estima também e isso é muito bom
    parabéns pelos 7 meses de gastro, e por tantas vitórias
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Raquel, eu acho que o que acontece é preconceito mesmo, falo isso, pois por mais estranho que pareça eu já fui magra (aliás mais da metade da minha vida, um dia conto sobre isso no blog), e quando eu era assim, muiiiito mais pessoas, se aproximavam de mim, e o que me impressiona é que hoje, muito acima do peso, eu me considero uma pessoa muito mais fácil de lidar do que eu era antes, a idade e o amadurecimento me ajudaram demais nesse quesito, assim como algumas quebradas de cara, é claro rs...Eu acredito que é a velha história de julgar o livro pela capa, agora que seu exterior está belo, dentro dos padrões, as pessoas querem ver se o que você tem por dentro condiz com o de fora, não acho que as pessoas façam isso por maldade, apenas acredito que foram condicionadas a pensar assim.
    Parabéns pela conquista, faz um antes e depois pra gente.. rs
    Bjos =**

    ResponderExcluir
  5. raquel que bom ler sobre suas conquistas e seu bem estar. parabens, por este caminho que você escolheu e que tem feito muito bem a você. mudamos o corpo, mudamos a mente, mudamos os hábitos e o sorriso também muda. felicidade. siga, abraços lamarque

    ResponderExcluir
  6. Ainda não passei pela cirurgia ... É entendo por completo o que vc falou sobre o seu eu anterior a cirurgia. Tenho a sensação que pelo fato de está acima do peso as pessoas não conseguem me enxergar o tal pra baixo fico com essa situação. Quando começo a falar o que sentindo é como se ela ficassem surdas para o que estou falando ...

    ResponderExcluir
  7. Nossa, Raquel, que post incrível!
    Super sensível!
    Será que mudamos tanto ou os outros mudaram?
    Ou tudo está igual, mas nós passamos a enxergar diferente?!?
    Não sei, mas muda TUDO!
    Beijossss

    ResponderExcluir
  8. Como é pesar 76 kg?
    Não consigo me imaginar ainda sem os 3 dígitos! rs
    Acho que paramos de nos esconder atrás da gordura, e com isso, permitimos que as pessoas se aproximem, pois não temos mais tanto medo de nos julgarem por causa dela!
    Ansiosa para ver-te magrelinha...

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tudo muito louco Jói, acho que minha ficha não caiu ainda. Eiii, mais rápido do que você imagina vc vai estar com dois dígitos e muito mais poderosa. Beijoca.

      Excluir
  9. Acho que você se sente mais segura, então deixa as pessoas se aproximarem mais. Mas tem também o outro lado: as pessoas julgam muito pela aparência. Valorize quem gostava de vc antes, eram as pessoas que realmente sabem quem vc é.
    BJs.

    ResponderExcluir
  10. Acredito que a perda de peso além de elevar nossa auto estima faz com que barreiras caíam, e nós mesmos passamos a nos ver de um modo diferente, literalmente, sem aquela capa de gordura, pq antes dos outros serem preconceituosos conosco, nós somos preconceituosos com nós mesmos e com a nossa aparência, nos julgamos o tempo todo.
    E é na gradualidade da perda de peso que nós vamos nos encontrando e nos despindo desse preconceito bobo que temos conosco, e aprendendo também a nos colocar no lugar dos outros e ver além da superfície.
    Seu texto está lindo, parabéns pela delicadeza nas palavras e por se deixar descobrir.

    Boa semaninha

    ResponderExcluir
  11. to loka pra ver essa foto.parabéns guria,adoro seus posts e adoro ler seus comentários em meu blog,vc é realmente mt sensível quando escreve.e parece que vc adivinha tudo que estou sentindo.bjs

    ResponderExcluir
  12. Nossa, como emagreceu, Parabéns!!!
    Nada melhor que nos sentir bem, bonita...
    Isso deixa a nossa alegria la em cima, e tudo que vai volta...
    De felicidade e recebera o mesmo...
    Eu estou começando um regime agora, não é caso de cirurgia, mas não é facil emagrecer o que preciso..
    É ir para a luta rsrs...
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi linda

    Parabéns pelos kg eliminados!!

    Boa reflexão, quem será que mudou ? rs Acho que conforme vamos perdendo peso, nos tornamos pessoas mais agradaveis, felizes e menos reservadas...

    Falta pouquinho pra sua meta, que delicia!

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Parabénsss! Pelo peso perdido e pela nova visão de mundo ganha. Quer coisa melhor?!

    beijossss

    ResponderExcluir
  15. Raquel, acredito muito que nós gostaríamos de ser invisíveis e quando emagrecemos ficamos mais acessíveis. Eu ainda não emagreci nem metade do que você emagreceu (PARABÉNS!!!), mas só de estar trabalhando em cima disso eu já me sinto mais leve. E não são os kilos a menos. Acho que a tal nuvenzinha existe sim e pesa bastante nas nossas cabeças.

    ResponderExcluir
  16. Oi Raquel, me preparo para fazer a cirurgia em breve, sem data ainda, estou nos exames ainda... li alguns de seus post antigos e num deles vc reclamava, das unhas, cabelos e pele, melhorou???
    Descobri seu blog agora, a poucos minutos, mas já fiquei fã.
    Sobre as pessoas te tratarem melhor , te enxergarem, eu acredito que seja assim mesmo. E principalmente tem aqueles que devem dizer... uii como tá emagrecendo... deve estar doente hehehe, sempre tem um vizinho para agorar... e é ai que vc aparece linda e esbelta, mostre para esses que vc está feliz e não doente, na verdade está se curando. E deixe novas amizades chegarem... magrinha vc vê o mundo de outra forma, mais leve e mais solta, não é???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jady, tudo bem? Obrigada pela visita, seja muito bem vinda. Então, o remédio ajudou muito a queda de cabelo diminuiu bastante e rosto está bem melhor. A verdade é que me sinto mais leve e solta sim. Boa sorte na sua jornada, um abraço e um beijinho.

      Excluir
  17. É Raquel, não é facil não, as mudanças e adaptações com nosso novo corpo e nova mente após tantas mudanças e adaptações é uma transição grande.
    As pessoas que não se aproximavam...e do nada com nossas mudanças reaparecem nos deixam com uma certa angustia e a dúvida de não saber aceitar bem tanta transformação. Com certeza antes nos fechávamos muito mais, não resta duvidas disso. Mal nos aceitávamos...como os outros aceitariam.... e fora o tal preconceito intrínseco...que as ´pessoas mal percebem que possuem....

    É dificil, e as mudanças nos deixam um pouco embaraçosas, mas aos poucos estaremos colocando tudo nos eixos, por isso é bem importante fazer acompanhamento psicológico, para nos ajudar a colocar as coisas no seu devido lugar, e tomar de uma vez por todas as rédeas!

    Beijos lindona!!!

    ResponderExcluir